Metrô Londres A cidade de Londres é dividida em 6 zonas para efeito de cálculo de tarifas no transporte público. Essas zonas são círculos conêntricos sendo que a mais central é a Zona 1 no meio. A zona 2 fica em volta da Zona 1 e assim por diante até a Zona 6 mais externa e distante do centro. Sendo assim, uma mesma zona contém bairros do norte, sul, leste e oeste da cidade.

Para ter uma melhor ideia desta divisao, visite o site do Transport For London (TFL) onde podem ser encontrados o tradicional mapa do London Tube e tambem outros mapas onde a cidade e as estacoes estao divididas nas zonas mencionadas: http://www.tfl.gov.uk/tfl/pdfdocs/lon_con.pdf

Também existe uma divisão de bairros ao norte e ao sul do rio Tamisa. É comum dizer que os bairros ao norte do rio são melhores mas na verdade varia de caso a caso. Porém o centro e as maiores atrações estão em sua maioria ao norte do rio.

Ao utilizar o transporte público, quanto mais zonas forem atravessadas, mais cara vai ser a viagem. Isso deve ser levado em conta ao se escolher um bairro para morar. Mas em contrapartida, os bairros mais próximos ao centro são sempre mais caros.

Ônibus Londres O metrô é o meio mais prático de circular em Londres mas essa praticidade tem seu preço. Acaba saindo mais caro do que circular de ônibus. Alem disso, para o turista pode ser mais interessante circular de ônibus aproveitando a vista do andar de cima dos onibus de dois andares. Tanto para onibus quanto para metro é possivel comprar bilhetes válidos por periodos de 1 dia, 1 semana ou 1 mês que saem mais em conta do que comprar bilhetes avulsos. Estudantes também tem direito a comprar bilhetes com desconto dependendo da duração do curso. Compensa também comprar bilhetes de ida e volta (return) ao invés de comprar 2 bilhetes separados. Fique atento também aos horários de pico nos dias úteis, pois os bilhetes saem mais baratos após as 9:30hs da manhã.

Clique aqui para mais informações e comentários sobre este assunto no Fórum